Diariamente, estamos expostos a diversas doenças. Isso ressalta ainda mais a necessidade e a importância de estarmos com o sistema imunológico alto, já que essa é uma das principais formas de manter a saúde e evitar inúmeras patologias.

Mas, para que a imunidade esteja estável e o organismo saudável, alguns cuidados diários devem ser adotados. Descubra mais detalhes sobre o sistema imune e saiba como fortalecê-lo. Boa Leitura!

O que é e qual a função do sistema imune?

A imunidade nada mais é do que uma defesa natural do nosso organismo, formada por órgãos, tecidos e células que atuam contra agentes infecciosos. O corpo reage diariamente aos ataques de bactérias, vírus e demais micróbios. 

Essa proteção é realizada por meio da produção de anticorpos, sendo assim, nosso sistema imune é capaz de oferecer a resposta adequada para evitar o desenvolvimento de doenças.

Sinais de baixa imunidade

Confira alguns dos principais sintomas que indicam que a sua imunidade pode estar baixo índice:

  • Infecções constantes;
  • Cansaço e desânimo;
  • Enxaqueca frequente;
  • Náuseas, vômitos e diarreia;
  • Febres frequentes.

Como fortalecer o sistema imunológico

Reunimos alguns de nossos especialistas, entre eles a médica e nutróloga Mariela Silveira e o psicólogo Michael Zanchet, para destacar sete orientações que ajudam você a aumentar a sua imunidade. Para conferir, continue a leitura:

  • Alivie o estresse

O estresse excessivo pode ser um dos grandes vilões responsáveis pela baixa imunidade. Isso acontece pelo fato de que a rotina conturbada do dia a dia pode interferir no funcionamento adequado das células, permitindo que doenças possam surgir.

Por isso, é importante manter uma vida com equilíbrio, permitindo-se ter momentos de relaxamento, descanso e lazer.

  • Transforme o medo em atitudes preventivas e positivas

Quando sentimos medo exacerbado, deprimimos o nosso sistema imunológico, por razões neuroendócrinas, fazendo com que coloquemos mais adrenalina e cortisol em nossa corrente circulatória e isso, por sua vez, baixa as resistências.

Entretanto, o medo pode ser benéfico quando bem controlado e utilizado. É uma oportunidade, de fato, para que as pessoas possam colocar atitudes preventivas e positivas na sua vida, cuidando para não se expor a perigos.

  • Tenha uma alimentação rica em nutrientes

Uma alimentação equilibrada e saudável melhora as atividades orgânicas, favorecendo um bom funcionamento de todo o corpo e mente. Somos o reflexo daquilo que comemos, pois cada célula é formada a partir dos nutrientes que fornecemos ao organismo por meio da alimentação. A falta ou quantidade insuficiente de um único nutriente já é capaz de gerar consequências negativas ao organismo. Os alimentos são como remédios naturais.

Uma boa alimentação deve ser rica em carboidratos complexos, fibras e “gorduras do bem”, como o ômega 3, e, naturalmente, restrita em sal, açúcar refinado e gorduras ruins, como as gorduras trans e saturadas.

  • Tenha um sono reparador

O sono é um processo fisiológico essencial para o equilíbrio do organismo e manutenção da vida e, por isso, tem papel fundamental em nossa saúde. Passamos quase um terço de nossas vidas dormindo, e isto não é por acaso. É durante o sono que restauramos nossas células e recarregamos nossas “baterias”.

O sono restaurador deve ter ritmo adequado, ou seja, hora para dormir e acordar, quantidade suficiente de horas – em média sete (estudos científicos indicam que dormir menos de 5 horas e mais de 9 horas pode ser prejudicial à saúde e aumenta o risco de mortalidade) e boa qualidade, passando por todos os estágios do sono sem interrupções. 

  • Pratique exercícios

Muito mais do que ajudar a manter o peso, o exercício físico regular melhora a saúde vascular, fortalece os ossos e aumenta a endorfina nos hormônios do corpo, auxiliando na proteção contra o estresse e inúmeras doenças.

A atividade física auxilia no controle da hipertensão arterial, mantém frequência cardíaca mais baixa, reduz arritmias e o risco de aterosclerose, pela diminuição do LDL e aumento do HDL, além de melhorar consideravelmente a qualidade do sono.

  • Confira marcadores de saúde e imunidade

Fazer check-ups periódicos de saúde é primordial. Um dos exames mais requeridos nas consultas médicas é o hemograma. Por meio deste exame de sangue, é possível verificar como está a imunidade, ao avaliar os elementos celulares do sangue – células vermelhas, as brancas e as plaquetas – quantitativamente e qualitativamente. Tal verificação auxilia no diagnóstico de diferentes patologias.

Os leucócitos, também conhecidos por glóbulos brancos, são responsáveis por defender o corpo de microrganismos invasores como bactérias, fungos e vírus e dentro desse grupo existem outros tipos de células com funções diferentes, por isso as causas de alterações na série branca são muito variadas. O valor normal dos leucócitos varia entre 4000 e 11000 células por ml.

  • Se necessário, utilize suplementos de nutrientes 

A única maneira que a natureza encontrou para construir seres humanos é por meio dos nutrientes. Ao fornecê-los por meio de suplementação necessária para nosso organismo, poderemos ter ossos mais resistentes, músculos mais fortes e cartilagens mais sadias. Por isso é recomendada uma alimentação variada rica em antioxidantes como, por exemplo, vitaminas do complexo B, C e E, assim como minerais.

Além disso, atualmente, novos conhecimentos da Medicina e da Bioquímica permitem tratar e prevenir problemas de doenças com suplementação, mas é importante ser indicado e acompanhado por profissionais médicos.

O Kur pode lhe auxiliar

Aqui, no Kurotel, você poderá colocar em prática todas essas recomendações, além de ter o acompanhamento de profissionais qualificados e fazer diversos exames sofisticados para saber como está sua saúde.

Clique aqui e faça sua reserva.