Inovações em Saúde

Como construir metas de saúde (reais) para 2023?

23/12/2022
Como construir metas de saúde (reais) para 2023?

Dra. Mariela Silveira - Médica Especialista em Nutrologia e Terapia Cognitiva, Diretora Técnica do Kurotel - explica como formular metas de saúde que sejam possíveis de realizar no próximo ano.No início do novo ano, as pessoas costumam fazer planos para o que querem em suas vidas, incluindo trabalho, viagens, ter relacionamento, começar a meditar, emagrecer, não fumar, parar de beber...Mas na maior parte das vezes, esses planos se perdem no meio do caminho, as mudanças pretendidas terminam por não acontecer e frustração ganha espaço. Por que isto tende a acontecer? Como encurtar a distância do que desejamos daquilo que realmente concretizamos?Para compreender melhor este tema tão chave para todos nós, a ciência do comportamento tem se dedicado a desvendar esse desafio e proposto novas abordagens. O primeiro ponto importante a ser visto, pode ser encontrado na citação de William Shakespeare quando diz que “nossos corpos são jardins e nossos desejos são os jardineiros”. Certamente, para que possamos construir tudo à nossa volta, precisamos olhar profundamente para nossos sonhos.E quando falamos em construir uma saúde melhor, também precisamos visitar nossos anseios. O que lhe motiva a estar vivo? O que realmente gosta ou gostaria de fazer na vida, para que haja necessidade de saúde física e mental acompanhar estes sonhos? Pode-se dizer que ter clareza da vontade pode ser útil para se ter força. Entretanto, a conhecida “força de vontade”, ainda assim, sozinha, não é suficiente para acontecer o resultado de saúde, como estuda a psicóloga Wendy Wood da Universidade do Sul da Califórnia.É necessário aumentar a sincronia daquilo que se sente, com aquilo que se pensa e com a atitude. Em suma, um resultado para a saúde só acontece quando há uma mudança de comportamento, e fundamentalmente, a criação de uma rotina que propicie o novo hábito ser praticado. Desta forma, se a intenção é emagrecer, por exemplo, não vale somente colocá-la no check list do início do ano.Usando-se do esquema proposto por Di Clemente e Prochaska para a mudança de comportamento, vemos que envolve, além da pré-contemplação, as fases de contemplação, planejamento, ação, manutenção e prevenção de recaída. Portanto, para o desejo de redução de peso ter sucesso, é necessário se agendar uma consulta médica e nutricional, um espaço reservado na agenda para as atividades necessárias, uma combinação de tempo e espaço para a realização de exercícios físicos, prática de novos hábitos alimentares, a redução de ingesta de doces e alimentos inadequados através de novas listas de compras e receitas, revisão nutricional, reavaliação das metas e etc.

De um modo geral, algumas orientações podem ser úteis para facilitar que as novas metas existam e tenham grande chance de acontecer. Seguem 10 passos aqui:

Um enfisema ou um câncer de pulmão, pode ter sido decorrente a um tabagismo crônico, feito dia após dia. Parar de fumar, envolve um plano, um acompanhamento e mas também uma necessidade de se reconectar com um novo habito saudável e prazeroso, por exemplo, pintar, dançar, cantar ou plantar.Não é simplesmente se retirar uma velha atitude, é necessário se desenvolver uma nova via cerebral de recompensa positiva. Digo isto, porque depois de quase 20 anos trabalhando com mudanças de comportamento, observamos que na maior parte das vezes, a saúde é um resultado de hábitos praticados dia a dia.E hábitos precisam de tempo e espaço para acontecerem. A chances de se manterem aumenta muito com o acompanhamento e principalmente, quando há satisfação durante sua prática. Portanto, incorporá-los a rotina, mas com prazer, pode ser fundamental para que a sonhada meta saia do sonho e torne-se uma realidade.

Leia também