O verão está aí e, com ele, vários cuidados devem ser tomados para que possamos usufruir esta época com muita saúde.

 

Conheça, a seguir, algumas recomendações da Equipe Kur relacionadas à forma física, exposição ao sol, alimentação saudável, entre outros lembretes, para você viver intensamente esta estação.

No verão, adapte sua rotina

 

Durante o verão, precisamos mudar algumas rotinas para nos adaptarmos a um conceito de vida mais leve e descompromissado, mas sem esquecer que nessa época nosso corpo, pele e cabelos sofrem maiores agressões devido ao sol e as altas temperaturas.

 

Um cuidado inicial está relacionado ao condicionamento físico, o que explica nesse período a grande procura por academias de ginástica e professores de Educação Física, tudo em nome de um corpo mais bonito e sarado.

Essa não deixa de ser uma prática saudável e positiva, uma vez que a preocupação estética acaba gerando outros benefícios na saúde, porém é preciso não esquecer que o correto é praticar uma atividade física orientada o ano inteiro e de forma regular e planejada para que se possa desfrutar de todos os benefícios que o exercício proporciona.

 

Pratique atividades físicas regulares

As dicas para malhar com segurança iniciam com uma avaliação médica que  inclui uma consulta ao cardiologista e ortopedista. Os médicos irão verificar a história familiar e pessoal do avaliado, definindo seus limites de freqüência cardíaca e pressão arterial para o trabalho bem como se há alguma alteração postural e/ou articular que limite movimentos mais bruscos na prática do exercício.

 

O acompanhamento profissional feito por um professor de educação física irá completar esta avaliação, pois um bom professor deve estar atento às necessidades e limitações de seu aluno, observando a postura e a execução dos movimentos.

 

A frequência semanal recomendada para os exercícios aeróbicos (que envolvem grandes grupos musculares trabalhando em uma intensidade leve e com grande duração), como a caminhada por exemplo, é quatro vezes por semana, podendo o exercício ser realizado de forma contínua ou intervalada (de acordo com a indicação profissional).

 

emagrecimento

 

Para os exercícios localizados de fortalecimento muscular, como a musculação e a ginástica localizada, pode-se começar com uma freqüência de duas a três vezes por semana, dependendo da série a ser trabalhada.

 

Quanto aos horários dos exercícios, a única recomendação é que o praticante evite as horas mais quentes do dia. As roupas devem ser leves e que facilitem a troca de calor do corpo com o meio ambiente (tecidos como o dry fit por exemplo).

 

Deve-se também usar um boné para evitar o sol no rosto e beber água sempre. Procure ainda usar tênis que possuam amortecedores para reduzir o impacto da caminhada, mesmo estando na praia. Isso reduzirá muito o risco de lesões nas articulações de suporte, como joelho, quadril e tornozelos.

 

 

Cuidados com a pele

 

pele no verão

 

O sol é a maior fonte de energia do universo, e quase todos os ciclos biológicos conhecidos dependem da radiação solar, assim como o nosso próprio metabolismo. A luz solar é indispensável à síntese de vitamina D, agindo na prevenção da osteoporose, e influencia diretamente o ciclo circadiano, comandando a liberação de diversos hormônios no nosso organismo.

 

Por outro lado, a luz solar também é responsável por uma série de efeitos deletérios, que são principalmente causados pela radiação ultravioleta (RUV), na pele.

 

A RUV implicada nos danos cutâneos divide-se em RUV A e B. A UVA é a principal causa do  envelhecimento, e a UVB a principal indutora das queimaduras solares e do câncer de pele.

 

É importante lembrar que somos irradiados pela RUV através dos raios incidentes (que vêm da atmosfera), e dos raios refletidos na superfície terrestre, que aumentam a intensidade da radiação que recebemos (reflexão na água aumenta em 5%, na areia, em 25%, e na neve, em até 85%).

 

Com o passar do tempo, houve um aumento progressivo das atividades ao ar livre, e da freqüência e duração das exposições solares, o que tornou as pessoas mais expostas à RUV, ocasionando um aumento cada vez maior na incidência do câncer cutâneos. A nossa principal arma no combate aos danos causados pelo sol são os filtros solares, que protegem a pele, formando uma barreira física ou química (refletem ou absorvem a RUV).

 

Eles devem ser utilizados diariamente, com FPS (Fator de Proteção Solar) acima de 15. É importante usar um filtro adequado para seu tipo de pele (quanto mais clara, mais alto deve ser o FPS, principalmente nos primeiros dias), e aplicar de forma correta (20-30min. antes da exposição) Todos os filtros devem ser reaplicados a cada 2-3 horas, e mais vezes em caso de suor intenso ou banhos de piscina ou mar (pois mesmo os filtros a prova d’água perdem proteção após 20 min. de imersão).

 

Não podemos esquecer, também, de proteger os lábios, com filtro solar em bastão ou batons com FPS. É bom lembrar que mesmo com o filtro solar, deve se usar barreiras físicas, como barracas de praia, chapéus e camisetas.

 

No verão é importante cuidarmos da nossa pele para não chegarmos no final da estação com manchas, ressecamento e dermatoses por alergia ou infeciosas.

 

Como conquistar pele e cabelo saudáveis durante o verão?

 

Da mesma forma que devemos adquirir hábitos saudáveis para o corpo, a pele e o cabelo também necessitam de cuidados essenciais para que não sejam agredidos e desidratados pelo sol, água do mar e cloro da piscina. Pensando nisso, o Kurotel preparou algumas orientações essenciais para se proteger com a chegada da estação.

 

As máscaras com ativos antioxidantes, nutritivos e hidratantes, são sempre bem vindas para a hidratação do rosto. Máscara com base de ouro, restaurador celular, reposição de colágeno e as hidratações com proteína, como a hidratação de fios de seda, por exemplo, são ótimas para aumentar o viço da pele facial.

Para o corpo, as esfoliações e hidratações são indicadas após exposição solar para recuperar a nutrição da pele. A Cleópatra Hidratação Corporal, realizada no Kurotel, é uma das mais indicadas, essa terapia é à base de semente de apricot, óleo de rosa mosqueta e leite de cabra com canela. O óleo aromático é aplicado em movimentos suaves, seguido por uma esfoliação e pela hidratação.

 

O banho durante o verão deve ser frio ou quase frio. Os sabonetes glicerinados ou hidratantes são  boas opções. Após o banho, hidratantes sob a forma de loção ou gel podem ser usados nas áreas da pele que costumam ressecar.

 

Eles vão ajudar a segurar a hidratação da pele, evitando a perda de líquidos.  Para a face, pescoço e colo, produtos contendo vitamina C são uma boa opção, além de combater a formação de radicais livres e o consequente envelhecimento da pele, a vitamina C deixa a pele mais resistente aos efeitos danosos do sol.

 

Para se proteger do envelhecimento precoce, queimaduras e, principalmente, do câncer de pele, o uso de protetor solar é fundamental. Além disso, é importante observar os horários para exposição solar, devendo-se evitar o sol das 10h às 16h. A ingestão de líquidos com frequência durante esse período do ano também é mandatória, visto que o organismo perde uma maior quantidade de líquidos para manter a temperatura corporal.

 

Os danos causados ao cabelo durante o verão, com a exposição ao sol, água do mar e o cloro da piscina, podem ser grandes. E reparar esses danos pode dar trabalho, então o ideal é que tenhamos muito cuidado para manter o cabelo saudável.

 

Cabelos compridos sofrem mais com a ação do sol, vento e água do mar. Após a limpeza com um xampu suave, para uso diário, deve-se usar um condicionador apenas nos fios, evitando deixar atingir o couro cabeludo. Pessoas com cabelos oleosos podem usar condicionador pós-banho, aplicando somente nas pontas. Para quem foi à piscina, um xampu anticloro é indicado, principalmente para cabelos loiros, que podem ficar esverdeados.

 

 

Quais são as vitaminas essenciais para o verão? Por quê?

A alimentação é  um item fundamental para a saúde. Nós somos os reflexos daquilo que comemos, pois cada célula nossa é formada a partir dos nutrientes que fornecemos ao organismo através da alimentação.

 

A falta ou quantidade insuficiente de um único nutriente já é capaz de gerar conseqüências negativas no nosso organismo. As vitaminas e minerais desempenham papeis importantes para a nossa saúde. Atuam na formação dos ossos e dentes, mantém o equilíbrio de líquidos e substâncias, controlam os batimentos cardíacos e impulsos nervosos, promovem o funcionamento adequado de muitos sistemas do corpo além de produzirem enzimas para a realização de todos os processos metabólicos.

 

No verão necessitamos mais dos nutrientes:

  • A vitamina C tem ação antioxidante que neutraliza os radicais livres, protegendo a pele dos raios UVA e UVB, preservando dessa forma a firmeza, elasticidade e resistência da pele, o que ajuda também a prevenir o aparecimento de manchas e o envelhecimento precoce com a exposição ao sol. Alguns exemplos de alimentos ricos em vitamina C são as frutas cítricas (laranja, mexerica, limão), mamão papaia, morango, kiwi, melão, tomate, manga, etc.
  • A vitamina A é necessária para que a pele ative as substâncias responsáveis pelo bronzeado. As maiores e melhores fontes de vitamina A são os alimentos de origem animal como gema de ovo, leite integral, manteiga e queijos amarelos. Mas existem alimentos que são precursores da vitamina A que são os carotenos ou pró-vitamina A, ajudam a prolongar o bronzeado além de garantir uma cor mais bonita. Fontes alimentares de carotenos: cenoura, moranga, abóbora amarela, manga e mamão são os grandes campeões. Mostarda em folha, couve verde e agrião são ótimas fontes que escondem seus carotenos por causa do grande conteúdo de clorofila.
  • A vitamina E possui ação antioxidante que combate os efeitos nocivos dos radicais livres evitando o envelhecimento precoce. Fontes alimentares: gérmen de trigo, óleos vegetais e sementes, abacate.
  • As vitaminas do complexo B, assim como minerais como potássio, zinco, selênio e silício também são nutrientes essenciais para o verão, por terem ações antioxidantes que garantem vitalidade ao nosso organismo.

 

alimentos detox

 

Qual é a vitamina/mineral responsável pela proteção da pele e qual evita a desidratação?

 

A pele é constantemente exposta a agentes agressores (raios ultravioleta provenientes da exposição solar, fumo do tabaco e químicos poluentes), o que pode resultar na produção de moléculas instáveis, conhecidas por radicais livres. Estes dão origem a lesões oxidativas nas estruturas das células, podendo causar um envelhecimento precoce da pele, e até o aparecimento de câncer.

 

A melhor forma de garantir que a pele está a obter todos os nutrientes essenciais de que precisa é seguir uma alimentação saudável baseada na variedade e no equilíbrio. Als vitaminas C, E, A e carotenóides, têm funções antioxidantes (contrariam o efeito dos radicais livres), ajudando a manter a saúde e integridade da pele.

 

Nos dias quentes ocorre maior perda de líquidos e minerais devido ao aumento da temperatura corporal e à transpiração excessiva. Deve ser aumentada, portanto, a ingestão de líquidos. Não espere a sede chegar, pois ela é um sinal de que já estamos desidratados, devendo a água ser consumida antes que esse sinal se desencadeie.

 

Em condições normais, o organismo de uma pessoa adulta perde em média 2,5 litros por dia, considerando as perdas pelo suor, urina, fezes e na perspiração (perdas de água, na forma de vapor, pela pele e pulmão que não são percebidas). Portanto, é necessária a reposição diária de 2,5 litros de água, considerando-se toda a água ingerida pura ou na forma de alimentos, tanto sendo líquidos quanto sólidos.

 

Consumir sucos de frutas naturais e vegetais, especialmente as ricas em potássio, como melancia ou melão ou banana, que controlam o equilíbrio hidroeletrolítico, evitando a desidratação.

 

Qual deve ser o consumo diário desses nutrientes?

 

Para manter a saúde do nosso organismo procure ingerir no mínimo 5 porções de vegetais ao dia entre frutas e verduras de cores diferentes e cada porção proporcional ao tamanho da palma da mão.

 

Quais alimentos prontos (frutas/legumes) são apropriados para serem consumidos no verão por conterem muitos nutrientes? Por quê?

 

Os alimentos que devem ser privilegiados no verão são as frutas, verduras e legumes, pois são ótimas fontes de vitaminas, minerais e fibras, além de serem alimentos refrescantes que combinam com a alta temperatura do verão.

 

Consuma à vontade folhas verdes e legumes (de preferência crus). Os cereais integrais também são boas opções para o verão já que combinam com saladas e pratos frios em geral. Na hora de comprar, opte pelos pães, cereais matinais e arroz integral no lugar de doces, massas e arroz refinado.

 

As gorduras vegetais (azeite, óleo de girassol, soja etc) combinam com as preparações de verão e são mais saudáveis que as gorduras de origem animal. As carnes magras são as mais indicadas para esta época, pois são mais facilmente digeridas evitando desconfortos além de serem mais saudáveis. Opte pelas carnes brancas de aves, peixes, e cortes de carne vermelha magra.

 

Imagem destacada com legumes

Alimentação saudável ajuda no combate ao estresse

 

Quanto a forma de preparo varie entre cozidos, grelhados e assados deixando de lado as frituras que não combinam com o clima quente do verão, além de serem extremamente calóricas. As sobremesas mais refrescantes são as melhores opções, opte sempre por frutas ou doces à base de frutas.

Os chás também são indicados no verão com objetivo de auxiliar a desinchar e desintoxicar sentido, são eles hibiscus, gengibre, chá verde e branco, dente de leão, além disso, podemos fazer a misturas desses chás com hortaliças e frutas, chamando de suchás.

 

Outra opção os sucos de frutas naturais são uma ótima escolha para quando o clima está quente demais ou mesmo para as pessoas sem tempo de se alimentar com calma. Possuem muitos nutrientes e podem corrigir certas necessidades orgânicas.

 

Existe uma diferença na alimentação do verão e do inverno? Por quê?

 

Durante o verão ocorre uma diminuição do metabolismo basal, pois o nosso corpo não precisa de um esforço tão grande para manter a temperatura interna constante, como no inverno, onde o nosso metabolismo basal aumenta nos mantendo aquecidos para enfrentar as temperaturas baixas. Por este motivo no verão, prefira alimentos mais leves como frutas, verduras e carnes brancas.

 

Consuma também grãos integrais (arroz, trigo, centeio, quinua, milho e seus derivados), eliminando os alimentos refinados como arroz branco, açúcares e farinhas brancas e abuse dos vegetais folhosos. Eles contêm fibras, sais minerais e água que atuam na desintoxicação do organismo e ainda colaboram com a hidratação. Desta forma estaremos garantindo mais energia e vitalidade para enfrentar o calor.

 

Bônus: receitas saudáveis para o verão.

 

SORBET DE GOIABA

Ingredientes: 

5 goiabas vermelhas sem casca

2 copos de suco natural de laranja

2 colheres de sopa de frutose (adoçante feito do açúcar da fruta)

 

Modo de Preparo: Misture a frutose com o suco, até dissolver. Bata os ingredientes no liquidificador. Peneire dentro de uma tigela de metal (inox) e leve ao freezer até ficar firme, mas não congelado (em torno de 5-6 horas). Após, volte para o liquidificador ou use um mixer, processe e volte para o congelador por no mínimo 1 hora. Volte a bater por mais duas vezes como na etapa explicada. Guarde no freezer. Para servir, retire uns 10 minutos antes e use a colher de sorvete para fazer as bolas de sorbet. Decore com hortelã fresca e sirva.

Opcional: servir com um pouco de Agave por cima.

 

SORVETE DE BANANA COM CACAU

 

Ingredientes:

2 bananas

2 colheres sopa de leite de coco

½ colher sopa de cacau

1 colher chá de açúcar demerara/mel/agave (opcional)

 

Modo de preparo: Algumas horas antes, ou no dia anterior corte 2 bananas em rodelas e coloque no congelador. Coloque as bananas em um liquidificador e junte o leite de coco. Bata aos poucos na função pulsar e abrindo de vez em quando para empurra-las com uma colher (com o liquidificador desligado). Quando já estiver batida, adicione o cacau, bata mais um pouco. Se achar necessário coloque o açúcar. Sirva com um pouco de granola ou castanhas picadas em cima.