Maio Vermelho – 31 de maio – Dia Estadual de Combate contra o Câncer Bucal

Neste mês de maio, dentistas e equipe de saúde bucal, tanto da rede pública como da rede privada estão convidados a participar das ações de prevenção e dos cursos.

Projeto Maio Vermelho, de prevenção e combate ao câncer de boca, organizado pelo CECO, CRO/RS, Faculdade de Odontologia da UFRGS e Saúde Bucal da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, tem, a cada ano, mais municípios engajados nesta relevante ação para a saúde no Rio Grande do Sul, beneficiando diretamente a população por meio de orientação e oportunizando exames preventivos.
“A Odontologia está cada vez mais assumindo seu papel no cuidado integral do paciente, com conhecimento e profissionais dedicados, aptos a diagnosticar e acompanhar o paciente durante todo o tratamento oncológico” – coloca o presidente do Conselho, Nelson Freitas Eguia. “Nessa perspectiva, o CRO/RS estará investindo ainda mais, estimulando todos os profissionais, tanto da rede pública como da rede privada a participarem deste Projeto”.
Apoiado pelas diferentes esferas de governo e também por instituições e entidades relacionadas ao ensino e exercício da Odontologia, o Projeto Maio Vermelho possibilita o aperfeiçoamento contínuo dos profissionais tanto para orientar a população em relação aos fatores de risco e ao desenvolvimento da doença quanto para fortalecer seu conhecimento no diagnóstico precoce. Paralelamente, se propõe a mobilizar os gestores a organizar a linha de cuidado ao paciente oncológico e informar ao dentista como ser parte desta equipe interdisciplinar.
Seja parte desta grande ação de Prevenção e combate ao Câncer de Boca!

Fonte: Site Conselho Regional de Odontologia do Rio Grande do Sul

Um novo olhar para o câncer

8 de abril – Dia mundial de combate ao Câncer

Câncer, uma palavra que traz consigo muitos significados, alguns ligados ao medo, à incerteza e à morte. Uma palavra que alguns ainda evitam pronunciar, como se isso fosse um agouro. E é até compreensível. Não faz muito tempo, um diagnóstico da doença era quase uma sentença de morte. Ainda bem que tudo evolui e o cenário tem mudanças promissoras. O câncer cada vez mais é compreendido pela medicina e pelas pessoas em geral. Quanto mais avanços e informação, mais a doença estará controlada e terá tratamentos humanizados e de sucesso. E a palavra-chave do momento é a prevenção. É com esse olhar e foco que a doença vem deixando de ser uma sombra na vida de milhões de pessoas pelo mundo.

O Fundo Mundial para Pesquisas de Câncer é taxativo. A prevenção é o melhor caminho para se evitar a doença. Prevenção significa mudanças de hábitos de vida, como largar o cigarro, deixar o sedentarismo de lado e descartar alimentação pouco ou nada saudável. A prevenção é um carro-chefe e esse caminho deve ser seguido não só por quem ainda não teve o diagnóstico (prevenção primária). Ele é fundamental para aquelas pessoas em tratamento (prevenção secundária) ou para aquelas que já passaram pelo câncer (prevenção terciária). A vida vai muito mais longe com a prevenção cotidiana. Em qualquer situação.

​Todos os dias, células cancerígenas nascem no organismo de todas as pessoas do planeta. Mas apenas um quarto delas desenvolverá o câncer. Durante muito tempo, acreditou-se que o câncer era, sobretudo, uma questão de genética – e um mal inevitável para quem está propenso a ele. O número crescente de casos da doença mostra que a influência dos fatores externos, como os hábitos de vida e o ambiente, é mais impactante na manifestação do câncer do que os genes. A hereditariedade tem influência, mas limita-se a apenas 5% a 10% dos casos. “Sob esta ótica, ter câncer em algum momento da vida não deve ser considerada uma simples questão de sorte. Somos também agentes no processo de aumentar ou não nossa vulnerabilidade para desenvolver a doença. Temos parcela importante de contribuição para a prevenção”, explica Dr. Luis Carlos Silveira.

Jornalista Ivan Vieira e Dr. Luís Carlos Silveira Médico fundador do Kurotel

Câncer

Uma palavra que por si só traz consigo muitos significados, alguns ligados ao medo, à incerteza e à morte. Uma palavra que alguns ainda evitam pronunciar, como se isso fosse um agouro. E é até compreensível. Não faz muito tempo, um diagnóstico da doença era quase uma sentença de morte. Ainda bem que tudo evolui e o cenário tem mudanças promissoras. O câncer cada vez mais é compreendido pela medicina e pelas pessoas em geral. Quanto mais avanços e informação, mais a doença poderá ser controlada e terá tratamentos humanizados podendo gerar mais sucesso. A palavra-chave do momento é a prevenção. É com esse olhar e foco que a doença vem deixando de ser uma sombra na vida de milhões de pessoas pelo mundo. Não existem garantias para o desenvolvimento ou não da doença, porém, conforme o Fundo Mundial para Pesquisas de Câncer a prevenção é o melhor caminho para se evitar a doença. Prevenção significa mudanças de hábitos de vida, como largar o cigarro, deixar o sedentarismo de lado e descartar alimentação pouco ou nada saudável.

Longe das frituras

Mais um motivo para ficar longe das frituras. Agora o recado é específico para os homens. Segundo um estudo conduzido pelo Fred Hutchinson Cancer Research Center’s Public Health Sciences Division, de Seattle, frituras aumentam risco de câncer de próstata. Por isso, evite frituras. Prefira alimentos assados, cozidos no vapor ou in natura.

0E45D9B4F5740CFF0DDDAA662D83AD703675_proibido

Extrato de sementes de uvas tem efeito antitumoral

Um estudo in vitro recente, publicado na revista Cancer Letters, revelou que o extrato de sementes de uva teve um potente efeito contra células de câncer colo-retal, levando à morte de células cancerígenas, principalmente nos estágios mais avançados da doença, no qual a quimioterapia já não apresenta resultados tão significativos.

uva_mesa_tension

Vitamina D e o baixo risco de câncer de próstata

A vitamina D é uma vitamina lipossolúvel, que pode ser formada na exposição ao sol ou na ingestão de alimentos como óleo de peixes, vegetais, sardinha, atum, salmão, leite e ovos. Estudos demonstram que a suplementação de vitamina D pode ser estratégia de intervenção eficaz no tratamento do câncer de próstata em homens com baixo risco da doença. As informações estão no Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism.

140610-kur-material-2014-0420

Mais benefícios do brócolis

O sulforafano, composto encontrado nos vegetais crucíferos, como o brócolis, além de ter efeitos preventivos contra tumores e benefícios terapêuticos, também se mostra eficaz no tratamento da leucemia linfoblástica aguda.  A revelação veio de estudo publicado na revista científica on line PLoS One.

brocolis-cursos-cpt