Criança requer atenção!

A grande questão que preocupa pais e profissionais é a reflexão sobre a educação dos filhos. As crianças nascem livres de repressão, criativas e com grande capacidade de simbolização, quem deve dar educação, limites, proporcionar afetividade, espaço lúdico são as famílias e o estado.

Uma criança e um adolescente tem o direito de:

→ Receber carinho, amor, abraço e afeto;

→ Brincar ao ar livre, estar em contato com a natureza estimulando o movimento, a percepção, a empatia pelo outro. Para isso, é fundamental que os pais e o estado proporcionem espaços públicos lúdicos e de qualidade, para as crianças se desenvolvam pessoalmente com os outros e não fiquem virtualmente “presos” dentro de suas casas;

→ Receber o “não”, os limites e internalizar as regras de convivência para criar empatia;

→ Ter condições ambientais adequadas e que proporcionem bem-estar, acolhimento e desenvolvimento;

→ Ter orientação e educação, que permitam desenvolver as suas capacidades físicas, cognitivas, senso crítico e criatividade;

→ Ter família e amigos que desenvolvam o diálogo, a brincadeira sadia e o contato pessoal;

→ Ter o tempo dos pais, para dialogar, saber onde os filhos estão, com quem conversam, como está o aprendizado, poder olhar “olho no olho” e saborear o perceber de um sorriso.

A consequência da privação desses direitos pode levar a:

→ Desarmonia familiar;

→ Dependência química;

→ Comportamentos antissociais;

→ Morte precoce (suicídio, acidentes automobilísticos, overdose, etc).

Pais! Reflitam, assumam as suas responsabilidades, não atribua ao outro, o que deve ser feito por você. Ame a seus filhos, priorize tempo para eles e assuma as responsabilidades, assim será revertido a incidência de sofrimento psíquico desses jovens que necessitam ter condições ambientais para elaborar seus conflitos naturais da idade.

Psicólogo do Kurotel Michael Zanchet

 

Estilo de vida saudável para executivos

O mundo corporativo é, cada vez mais competitivo e executivos necessitam de inovação permanente para permanecerem no mercado, o que gera uma grande pressão entre os profissionais envolvidos nas suas metas, responsabilidades e sustentabilidade dentro desse jogo. Fatores como estresse, ansiedade, déficit de memória, depressão e problemas clínicos de saúde não são incomuns nesse segmento, o que pode dificultar o raciocínio e o bom desempenho nas atividades de trabalho. Perdem todos, o executivo que percebe seu desempenho aquém do que ele tem capacidade, a empresa e o consumidor final.

Nessa linha de pensamento, o Kurotel, através do programa Controle do Estresse e da Ansiedade, busca auxiliar os executivos (e demais profissionais que apresentam as características citadas), e tratar esses profissionais de maneira integrada, a fim de que através de um diagnóstico possa reeducar seu estilo de vida e trazer como benefícios o aumento de sua capacidade profissional e o seu bem-estar físico e mental. O executivo passa por avaliações com médico, psicólogo, fisioterapeuta, nutricionista, educador físico e dentista, para o diagnóstico do que está positivo e o que está negativo no seu estilo de vida.

Após passar por essa etapa, a equipe transdisciplinar prescreverá o tratamento adequado e personalizado para reeducar sua maneira de viver. A psicologia irá avaliar o cliente trabalhando variáveis como os níveis de estresse, de ansiedade e de sintomas depressivos, a memória, a qualidade do sono e a organização da rotina, enquanto as outras áreas farão o trabalho de bem-estar físico e clínico.

A ansiedade, o estresse e os sintomas depressivos são percebidos através da Avaliação de Estresse. Essa avaliação consiste na compreensão de dados clínicos que podem gerar o estresse negativo. Em uma segunda parte, será feita uma compreensão dinâmica do caso, uma psicoeducação do que é estresse e orientação de modificações de percepções e padrões de comportamentos, baseados nos resultados das escalas psicológicas e dados clínicos colhidos nas observações e entrevistas.

Dificuldade no sono é bem comum entre grandes executivos. Para esta correção existe a Higiene do Sono, que consiste na identificação dos comportamentos do cliente ao longo do seu dia e a características da insônia.

Outro fator de maior prevalência e preocupação da atualidade é a obesidade, tendo influência direta nos hábitos de saúde, estresse e alteração do metabolismo. Para esta questão a Terapia Cognitiva para Emagrecer, estruturada na teoria Cognitivo-Comportamental auxilia na melhora global do executivo, pois se baseia na maneira como as pessoas pensam e de qual forma isto afeta o que elas sentem e fazem.

Para um estilo de vida saudável em executivos, o Kurotel orienta o trabalho transdisciplinar, onde a medicina identificará causas da obesidade, investigando e tratando possíveis interferências endocrinológicas e metabólicas. A psicologia terá o enfoque nas emoções e nos padrões de comportamentos, estabelecendo com o cliente novos padrões de pensamento e auxiliando no processo de reorganização do estilo de vida, através de técnicas cognitivas e comportamentais. A nutrição trabalha o conteúdo, a quantidade e a organização da alimentação. E o educador físico realiza o planejamento da frequência e indica a melhor atividade física. O trabalho da equipe transdisciplinar visa ter como consequência final a redução e a manutenção do peso num processo de reeducação do estilo de vida de forma saudável.

Outra questão relevante é a memória. Esta é o grande carro-chefe para o emprego da capacidade intelectual e criativa na vida pessoal e profissional. A ansiedade, o estresse, a depressão e o cansaço têm influência na capacidade de memória de cada pessoa. Dessa forma, muitas vezes as queixas de memória, por exemplo, são tratadas através do gerenciamento do estresse, da ansiedade ou tratamento adequado para depressão. Isso reafirma ainda mais a convicção de a equipe do Kurotel trabalhar de forma integrada.