Qual é, afinal das contas, a dieta ideal? E se fosse possível fazer uma alimentação saborosa baseada nas informações pessoais do seu DNA? Isto já é uma realidade no Kurotel.

Cada vez mais pesquisas descobrem novos dados sobres os genes e suas variantes e compreendem a relação com os diferentes aspectos da alimentação. Alguns polimorfismos fazem com que a necessidade de macronutrientes seja diferente para cada pessoa. Por exemplo, uns tens necessidade de ter mais carboidratos na dieta, enquanto que outros mais proteínas ou ácidos graxos para ajuste do metabolismo.

A fome e saciedade também são fatores que tem envolvimento genético e estratégias para melhorar a satisfação podem favorecer o emagrecimento. Além disso, tolerância a alguns alimentos como leite, glúten, cafeína, álcool é genética e pode ser individualizada. Pode ser feita a adequação de micro nutrientes mediante a predisposição genética de síntese e absorção, como a vitamina D, por exemplo.

Quando o assunto é genética, muito ainda será descoberto, mas o conhecimento atual já é impactante e deve ser usufruído pelas pessoas. No Kurotel nós disponibilizamos um kit para coletar o exame em casa e a partir disso, elaboramos um cardápio único para você, sempre considerando o sabor e a arte da culinária gourmet.

Dra. Mariela Silveira – nutróloga e diretora do Kurotel