Higiene do sono ajuda a tratar a insônia: saiba como fazer

Uma boa noite de descanso está relacionada a muitos fatores: aliás, você já ouviu o termo “higiene do sono”? É um conjunto de hábitos que ajudam a dormir bem, afinal, a qualidade do sono é fundamental para manter uma boa forma física e mental.

Como fazer a higiene do sono?

Tão importante quanto a quantidade de horas dormidas, a qualidade do sono é essencial para o bom funcionamento do corpo e da mente. O fisioterapeuta e especialista da CPAPS, Clêdisson Souza, explica que a “higiene do sono” diminui o risco de distúrbios como a insônia, ronco e apneia do sono.

“Esses hábitos podem começar a ser feitos de duas a três horas antes de ir dormir. Eles são responsáveis por desacelerar a mente e o corpo para que o indivíduo tenha uma boa noite de descanso”, completa o especialista.

Separamos algumas dicas para você fazer a higiene do sono e dormir bem:

  1. Alimentação leve: antes de dormir, opte por refeições mais leves com frutas, verduras e vegetais, por exemplo. Aposte também na ingestão de alimentos que provocam a produção de melatonina, o hormônio do sono, como cereja, banana, nozes e aveia.
  1. Bebidas estimulantes: evite o consumo de bebidas que contenham cafeína, como café e refrigerantes. Essa substância estimula o sistema nervoso central e se mantém no organismo por cerca de 8 horas.
  1. Atividades físicas: os exercícios físicos proporcionam muitos benefícios ao corpo. Uma simples caminhada já melhora a respiração, reduz a ansiedade e ajuda a dormir bem.
  1. Ambiente ideal: desligue todas as luzes do quarto, inclusive a do celular e da televisão. Isso vai te auxiliar a relaxar e “desligar” o corpo para boa noite de sono!

Clêdisson Souza – fisioterapeuta da CPAPS – CREFITO: 246452/ES

Publicado por

kurotelb

Fundado em 1982 por Luís Carlos Silveira, e sua esposa, Neusa Silveira, o Kurotel - Centro Médico de Longevidade e Spa, está localizado em meio às belezas da Serra gaúcha, na cidade de Gramado. É reconhecido por promover e estimular as pessoas a se comprometerem com um estilo de vida mais saudável, motivando escolhas positivas. Valorizando a vida nos sentidos quantitativo (longevidade) e qualitativo (vitalidade e bem-estar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *