Exercício e Memória: A importância das atividades físicas para a saúde mental

Você conhece relação e a influência que os exercícios físicos têm com a memória das pessoas?

Ao praticar exercícios físicos estimula-se o bom funcionamento cerebrovascular, ou seja, aumenta-se o nível de oxigênio pelo corpo, melhorando a circulação cerebral. Este aumento da oxigenação exerce influência positiva sobre o cérebro, melhorando a memória. Outro fator importante é que o exercício físico estimula a produção de neurônios. O aumento da irrigação e oxigenação do cérebro promovem o crescimento do número de neurônios no hipocampo, região responsável pela memória.

Exercícios que podem evitar a falta de memória:

Os exercícios aeróbios são os mais indicados, como caminhada, andar de bicicleta, corrida, dança, pois aumentam o nível de oxigênio pelo corpo e melhoram a circulação cerebral, assim influenciam positivamente na memória e promovem o acréscimo de novos neurônios no hipocampo. Os exercícios resistidos com o intuito de aquisição de força também estão relacionados a ganhos neurais. Realizar atividades como hidroginástica, pilates, treinamento funcional, yoga, também promovem a atividade cerebral, auxiliando na memória. O exercício físico bem orientado e sistematizado pode ser utilizado como meio preventivo e de tratamento não medicamentoso para o retardamento do déficit de memória.

Publicado por

kurotelb

Fundado em 1982 por Luís Carlos Silveira, e sua esposa, Neusa Silveira, o Kurotel - Centro Médico de Longevidade e Spa, está localizado em meio às belezas da Serra gaúcha, na cidade de Gramado. É reconhecido por promover e estimular as pessoas a se comprometerem com um estilo de vida mais saudável, motivando escolhas positivas. Valorizando a vida nos sentidos quantitativo (longevidade) e qualitativo (vitalidade e bem-estar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *