Detox Pós-Páscoa: como recuperar o organismo

Após o feriado de Páscoa, é necessário atenção e cuidado com o corpo

Após comer em excesso em períodos curtos, como na Páscoa, por exemplo, a maioria das pessoas pensa que fazer uma dieta detox de 3 ou 5 dias resultará em emagrecimento e eliminação de todas as toxinas. No entanto, é importante destacar que a destoxificação tem como objetivo promover a redução de substâncias inflamatórias e aumentar a eliminação de toxinas do organismo, sendo que essas substâncias podem ser metais pesados, aditivos alimentares, pesticidas, agrotóxicos, poluentes do ar e da água, medicamentos, etc.

Este processo ocorre em todas as células, mas principalmente no fígado e intestino. Para que a destoxificação aconteça adequadamente, é necessário retirar da alimentação os principais alimentos que podem ser prejudiciais ao organismo, como por exemplo, carne vermelha, açúcares e laticínios. Também é recomendado excluir por até vinte dias, alimentos industrializados ricos em aditivos químicos, e alimentos enlatados, embutidos e refinados, como refrigerantes, café, sucos artificiais, frituras e bebidas alcoólicas.

Com o estilo de vida atual, os maus hábitos alimentares se perpetuam ao longo de muitos anos na vida da grande maioria das pessoas, sendo ainda mais comuns em períodos de férias ou feriados. Para quem está em busca de uma alimentação mais saudável, equilibrada e anti-inflamatória, deve consumir diariamente cereais integrais (arroz, aveia, quinoa), frutas, vegetais folhosos verdes, legumes crus e cozidos, sementes oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas), sementes (abóbora, girassol, chia, gergelim), leguminosas (feijões, lentilha, grão de bico), ovo, peixes, tubérculos (batata doce, aipim, inhame), entre outros. Além disso, substituir o que for possível por alimentos de cultivo orgânico, para minimizar a exposição a pesticidas, herbicidas, hormônios e antibióticos.

Como diminuir a vontade de comer doces

É comum ingerir uma grande quantidade de chocolates e alimentos açucarados neste período, e para amenizar a vontade de comer doces, as frutas secas (damasco, ameixa, tâmaras, passas de uva), frutas cozidas (maçã, pera, banana) e sorbet de frutas são ótimas opções. Além de serem preparadas com o açúcar natural da fruta, estas substituições podem entrar na alimentação como lanches, sobremesas do almoço e ceias.

O suco verde e outros sucos detox também auxiliam no processo de destoxificação, mas quando ingeridos sozinhos não fazem milagres. A alimentação deve ser saudável e equilibrada em um todo, fornecendo todos os nutrientes necessários para dar o suporte adequado ao organismo eliminar as toxinas.

Outro benefício importante para o corpo neste período é manter a hidratação adequada do organismo, através da ingesta de água, que auxilia a prevenir a retenção de líquidos. Alguns chás também contribuem para prevenir e aliviar o inchaço, como o chá verde, chá branco, chá de hibiscos, chá de cavalinha, chá de dente de leão, entre outros.

Michelle Mileto Troitinho, Nutricionista do Kurotel

Publicado por

kurotelb

Fundado em 1982 por Luís Carlos Silveira, e sua esposa, Neusa Silveira, o Kurotel - Centro Médico de Longevidade e Spa, está localizado em meio às belezas da Serra gaúcha, na cidade de Gramado. É reconhecido por promover e estimular as pessoas a se comprometerem com um estilo de vida mais saudável, motivando escolhas positivas. Valorizando a vida nos sentidos quantitativo (longevidade) e qualitativo (vitalidade e bem-estar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *