Uma reflexão sobre o tempo!

Cada vez mais frequente as pessoas estão questionando-se sobre a relação com o tempo, a proposta é refletir sobre esse tema; não é incomum reclamar que não temos tempo, que o dia deveria ter mais de 24h, que estamos sobrecarregados, que o ano passou muito rápido.

Partindo da premissa que o dia tem 24h para todas as pessoas do mundo, a questão é: quem se auto impõe o preenchimento do tempo?

Essa questão é importante ser respondida, pois a percepção e a relação que se tem com o tempo depende de cada um; para isso é necessário estabelecer prioridades e saber dizer “não”.

Muitas vezes, por hábito, se estabelece regras, compromissos que nem queríamos estar presentes, mas no piloto automático, anestesiado pelas nuances contemporâneas acabamos fazendo e deixando de lado aquilo que realmente importaria e daria maior bem estar.

Como você tem preenchido o seu tempo?

Faça nesse momento alguns questionamentos para si, será que tem tido tempo para: perceber seus sentimentos, fazer exercícios físicos, relaxar, o lazer, amar e sentir-se amado, trabalhar, se informar, alimentar-se, ficar quieto, individualidade, viajar, curtir a paisagem.

Pense, reflita e priorize o tempo de forma organizada. O problema não está no tempo e sim na organização do tempo; o corpo precisa do equilíbrio físico e mental, sendo assim necessita de atividades no tempo que priorizem esse equilíbrio; para isso é fundamental: exercitar-se, relaxar, relações duradouras e de troca, (re)conhecer as emoções, trabalhar, estudar, descansar.

Caso contrário, seu corpo vai falar; às vezes ele fala com a dor ou outro desequilíbrio físico ou mental. Cada vez temos visto patologias físicas e emocionais potencializadas pelo ambiente e pelas escolhas que as pessoas têm feito; exemplos de malefícios à saúde: sedentarismo, excesso de alimentos não saudáveis, automedicação, tabagismo, abuso de bebidas alcoólicas, por relações pessoais e afetivas frágeis.

Fica o convite, perceba e organize o seu tempo, para que você seja longevo e consiga olhar para trás, percebendo como foi bom aquele tempo, mas olhe no retrovisor, foque no momento e perceba como posso organizar meu tempo agora, com olhos na frente, um degrau por vez.

Psicólogo do Kurotel Michael Zanchet

CRP: 07/13384

Publicado por

kurotelb

Fundado em 1982 por Luís Carlos Silveira, e sua esposa, Neusa Silveira, o Kurotel - Centro Médico de Longevidade e Spa, está localizado em meio às belezas da Serra gaúcha, na cidade de Gramado. É reconhecido por promover e estimular as pessoas a se comprometerem com um estilo de vida mais saudável, motivando escolhas positivas. Valorizando a vida nos sentidos quantitativo (longevidade) e qualitativo (vitalidade e bem-estar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *