Verduras que contribuem para o Emagrecimento

Hoje é a vez dos verduras!

Seguindo nossa lista de alimentos que contribuem para o emagrecimento, a Nutricionista do Kurotel separou quais as verduras que irão lhe ajudar a emagrecer, pois essas possuem um baixo valor calórico e alto teor de fibras, que promove mais saciedade.

No final da lista separamos duas receitas deliciosas para você preparar em casa.

Verduras: alho-poró, almeirão, brócolis, chicória, couve, couve-flor, erva-doce, espinafre e louro

Foto: boa forma e saúde

Brócolis e Couve-flor: Pertencem a classe das brássicas, possuem fitoquímicos (glicosinolatos e isotiocianatos), substâncias importantes para prevenção do câncer, pois apresentam elevada atividade antioxidante, minimizando assim os danos oxidativos e auxiliando na detoxificação do fígado. Contém Genistelina, substância com o poder de inibir o crescimento de tumores. Também são fontes de vitamina C, essencial para o fortalecimento do sistema imunológico, formação de colágeno, absorção do ferro e redução de colesterol. São também fontes de vitamina K, cálcio, fósforo e potássio, nutrientes importantes para a saúde óssea e cardiovascular.

 

Alho-poró: Vegetal que pertence à família do alho e da cebola. É rico em vitaminas B1, B6 e C, e dos minerais cálcio, magnésio, manganês, fósforo, sódio, potássio, ferro e zinco. Possui ações anti-inflamatória, antibacteriana e vasodilatadora. Seu consumo é eficaz para o controle da pressão arterial, saúde cardiovascular e prevenção do câncer, pois as propriedades nutricionais do alho-poró neutralizam a ação dos radicais livres no organismo.

 

Almeirão: Hortaliça fonte das vitaminas A, B2, B3, C e K, e dos minerais cálcio, fósforo, ferro, magnésio e potássio. Possui propriedades antioxidantes pela presença da lactucina e da lactupricrina, substâncias que conferem o sabor amargo à hortaliça e com ação ansiolítica e sedativa, que amenizam o estresse. Também é fonte de prebióticos, inulina e frutooligassarídeos, que estimulam o processo de digestão e alimentam as bactérias benéficas do intestino, melhorando o trânsito intestinal. Além disso contribui para a boa saúde do fígado, pois estimula a eliminação das toxinas.

 

Erva-doce: Planta medicinal de nome científico Pimpillena anisum. Mais conhecida pelos seus efeitos calmantes e sedativos, e estimulante do processo digestivo. É fonte dos minerais potássio, ferro, zinco, cobre, selênio, manganês, magnésio, e das vitaminas A, B1, B2, B3, B6 e ácido fólico. Na sua composição também está presente o ácido málico, um ácido orgânico, que auxilia no processo de geração de energia dentro das células, aumenta as defesas do sistema imunológico e participa do processo de desintoxição das toxinas (principalmente de metais tóxicos). As fibras presentes na erva-doce contribuem para o esvaziamento gástrico e bom funcionamento do intestino.

 

Louro: Planta medicinal de nome científico Laurus nobilis. Possui propriedades desintoxicantes, bactericida, antisséptica, digestiva e anti-inflamatória. Auxilia no processo de digestão, aliviando a acidez do estômago e estimulando a produção das enzimas digestivas, e nas doenças inflamatórias do fígado, através da eliminação das toxinas (principalmente de metais tóxicos).

 

Couve: É uma crucífera com inúmeros benefícios para saúde. Possui propriedades antioxidantes (flavonoides e carotenoides) que neutralizam a ação dos radicais livres, prevenindo o câncer e o envelhecimento precoce. Além disso estimula as funções hepáticas, gástricas e intestinais contribuindo para o processo desintoxicação e eliminação das substâncias tóxicas do organismo.

É fonte vegetal mais biodisponível em cálcio, essencial para a saúde óssea. Contém magnésio, mineral importante para o bom funcionamento dos neutransmissores como a serotonina e dopamina, melhorando o humor, sono e a disposição. É rica em ácido fólico, ferro, vitamina C e complexo B nutrientes essenciais para a manutenção das funções orgânicas e fortalecimento do sistema imunológico, prevenindo as doenças cardiovasculares e neurodegerativas.

 

Chicória: É um alimento de baixo valor energético e se destaca por ser um alimento com maior de teor de inulina (fibra solúvel). Também é fonte de vitaminas e minerais como: vitamina A, B6, vitamina C, potássio, cálcio, ferro, magnésio e fibra solúvel (inulina). Por conter inulina contribui para o equilíbrio da flora intestinal, sistema digestivo, controle do colesterol e prevenção de doenças cardiovasculares.

 

Espinafre: Possui baixo valor energético e um elevado teor de nutrientes, vitamina A, B2, B6, vitamina C, E, K, folatos e minerais tais como o ferro, magnésio, cálcio, potássio e fósforo. Contém boa quantidade de fibras o que contribui para a saciedade. Os nutrientes, como a vitamina K, o magnésio e o cálcio auxiliam na manutenção óssea, prevenção da aterosclerose. As vitaminas antioxidantes A, C e polifenois neutralizam a ação dos radicais livres, protegendo o organismo da oxidação do colesterol. O aumento do consumo diário de vegetais de cores verdes, diminui a incidência de diabetes tipo 2.

 

Sugestões de receitas

 

SOUFLÉ DE ESPINAFRE

Ingredientes

2 xicaras (chá) de espinafre (pode usar também abobrinha ou cenoura)

3 ovos

1 xicara (chá) de leite desnatado (ou leite vegetal)

1 xicara (chá) de amido de milho

1 xicara (chá) de farinha de arroz integral

2 colheres (sopa) de queijo minas frescal (ou mozzarella de búfala)

1 colher (sopa) de fermento químico

1 colher (chá) de sal

1 cebola pequena picada

1 dente de alho picado

Tempero verde a gosto

 

Modo de Preparo: Ferva o espinafre em água e 1 pitada de sal por 3 minutos. Escorra e pique grosseiramente. Coloque o espinafre no liquidificador com os ovos, o leite, o amido, a farinha de arroz, o queijo, a cebola e o alho. Bata até ficar homogêneo. Acrescente o fermento e misture com uma colher. Incorpore o tempero verde e acerte o sal. Unte 4 forminhas com óleo vegetal e distribua a massa nas forminhas.  Leve para assar em forno médio (180ºC) por 20 minutos.

Rendimento: 4 porções

 

SOPA CREMOSA DE BRÓCOLIS

Ingredientes:

1 buque de brócolis frescos (pode usar os congelados)

1 unidade grande de chuchu descascado e picado

1 cebola pequena picada em cubos

2 dentes de alho picados

2 litros de caldo de legumes caseiro

1 colher (café) de sal não refinado

1 colher (sopa) de azeite de oliva extra virgem

Coentro em pó a gosto

Pimenta do reino moída na hora a gosto

 

Modo de preparo: Lave os brócolis e o chuchu, pique em pedaços grandes e reserve.

Em uma panela, aqueça o azeite de oliva e acrescente a cebola, o alho e deixe dourar. Acrescente os brócolis picados e o chuchu, refogue mais alguns minutos.  Adicione o caldo de legumes e deixe cozinhar até os brócolis estarem bem macios. Desligue o fogo, bata a mistura no liquidificador e volte ao fogo. Adicionar os temperos e deixe a sopa ferver até adquirir a consistência desejada. Sirva em seguida, decorando com tempero verde a gosto ou crótons.

Rendimento: 6 porções

Publicado por

kurotelb

Fundado em 1982 por Luís Carlos Silveira, e sua esposa, Neusa Silveira, o Kurotel - Centro Médico de Longevidade e Spa, está localizado em meio às belezas da Serra gaúcha, na cidade de Gramado. É reconhecido por promover e estimular as pessoas a se comprometerem com um estilo de vida mais saudável, motivando escolhas positivas. Valorizando a vida nos sentidos quantitativo (longevidade) e qualitativo (vitalidade e bem-estar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *