MULHER, DE FRÁGIL NÃO TEM NADA!

No passado dizia-se que a mulher era um sexo frágil. Eis a questão, pois tenho convicção do contrário, vamos à alguns questionamentos; responda a si: quem tem dores do parto? Quem carrega durante 9 meses um ser dentro de si? Quem com dores de uma cirurgia, amamenta e cuida do seu filho? Quem trabalha, gerencia a casa, cuida dos filhos e ainda é esposa? Quem reconhece e codifica o choro do filho (a)?

Mas que fragilidade é essa?

Fragilidade é coisa do passado. A mulher assumiu o papel de protagonista na história faz tempo. Merece respeito, carinho e uma sociedade que valorize o seu vigor e a sua multiplicidade de funções com êxito e delicadeza que só uma mulher pode nos dar.

A mulher da geração de hoje, é mais autêntica, pois expressa as suas opiniões e consegue se impor pela inteligência, pela capacidade interna e pelo rompimento da repressão do passado. Assim ela abriu espaço dentro da sociedade machista.

Por isso, a importância de cuidar das nossas mulheres e termos a ciência do papel preponderante que ela tem no contexto familiar, pois para termos uma sociedade mais pacificadora temos que retomar valores na base que é a família. Onde tanto o homem quanto a mulher devem assumir a responsabilidade de passar educação aos nossos filhos, estimulando o brincar ao ar livre, a estabelecer regras e limites, a desenvolver a empatia através da afetividade e de palavras em desuso, como: bom dia, boa tarde, boa noite, eu te amo, como você está? A frase “gentileza gera gentileza” tem que ser na prática e não somente na escrita.

Então, a cabeça da família é a mulher, pois muito do êxito masculino tem a ver com a capacidade que a mulher tem de fazer múltiplas tarefas, dando retaguarda ao homem, que por sua vez, cada vez mais se adapta também as tarefas domésticas.

Finalizo, com a seguinte colocação, sejamos parceiros e parceiras, que nós possamos respeitar e ser respeitados, e principalmente que possamos ser mais exemplo e menos verbal para nossas crianças, ou seja, que nosso discurso seja coerente com a ação, não esquecendo que o diálogo é o melhor caminho.

Feliz Dia das Mulheres!

Psicólogo do Kurotel Michael Zanchet

CRP: 07/13384

Publicado por

kurotelb

Fundado em 1982 por Luís Carlos Silveira, e sua esposa, Neusa Silveira, o Kurotel - Centro Médico de Longevidade e Spa, está localizado em meio às belezas da Serra gaúcha, na cidade de Gramado. É reconhecido por promover e estimular as pessoas a se comprometerem com um estilo de vida mais saudável, motivando escolhas positivas. Valorizando a vida nos sentidos quantitativo (longevidade) e qualitativo (vitalidade e bem-estar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *