Desintoxicação alimentar

Durante o tratamento de desintoxicação a alimentação deve ser rica em alimentos que alcalizam o organismo (mínimo 60% da dieta) e reduzida em alimentos e bebidas que acidifiquem o organismo (máximo 40% da dieta).

  • Reduza o consumo de café, sal refinado, açúcar branco, carne vermelha, frango de granja, queijos, leite de vaca, farinha de trigo branca (e seus derivados), frituras, embutidos e bebidas alcoólicas.
  • Evite o consumo de qualquer alimento industrializado que seja cheio de aditivos alimentares (evite os alimentos que contenham na lista de ingredientes o glutamato monossódico, adoçantes artificiais – sacarina e aspartame -, corantes, aromatizantes, estabilizantes, excesso de conservantes etc).
  • Evite a ingestão de frituras e carnes em geral com gordura aparente, mas inclua diariamente uma pequena porção de amêndoas, castanhas sem sal, nozes, azeite de oliva, sementes de gergelim, abóbora e girassol, que tem gorduras essenciais e nutrientes antioxidantes como selênio, cobre, zinco e vitamina E, que reduzem inflamação e melhoram a desintoxicação.
  • Reduza o consumo de frutas, legumes e verduras contaminados por agrotóxicos, frango e carne vermelha possuem maiores quantidades de hormônios e receberam antibióticos, que acabam por nos intoxicar. Para obter um melhor resultado na desintoxicação, substitua o que for possível por alimentos de cultivo orgânico, para minimizar a exposição a pesticidas, herbicidas, hormônios e antibióticos. Use frango e ovos caipiras e aumente o consumo de peixes brancos e sardinha fresca (evite salmão de cativeiro e atum em lata, que podem ter metais pesados).
  • Dê preferência aos alimentos alcalinos, que auxiliam no processo de desintoxicação, sendo estes as frutas e vegetais em geral, mas principalmente os alimentos: brotos, brócolis, couve, alho, amora, mirtilo, lima, limão, laranja, toranja, maçã, alecrim, manjericão, aipo, salsinha, gengibre, orégano, hortelã e açafrão da terra. Também aumente o consumo de peixes ricos em ômega- 3, como o bacalhau, pirarucu, cavala, salmão selvagem, atum e sardinha frescos. Para complementar a alimentação inclua ovos caipiras, oleaginosas (castanhas, nozes), aveia, linhaça, chia, feijões, arroz integral, quinoa, batata doce, batata baroa, mandioca, lentilha, grão de bico e kefir.
  • Mantenha a hidratação, ingerindo mínimo dois litros de água dia. E evite o consumo de refrigerantes, sucos em caixinha ou lata, mate e águas saborizadas industrializadas mesmo as versões dietéticas, pois todos são produtos industrializados cheios de aditivos químicos.

 

Publicado por

kurotelb

Fundado em 1982 por Luís Carlos Silveira, e sua esposa, Neusa Silveira, o Kurotel - Centro Médico de Longevidade e Spa, está localizado em meio às belezas da Serra gaúcha, na cidade de Gramado. É reconhecido por promover e estimular as pessoas a se comprometerem com um estilo de vida mais saudável, motivando escolhas positivas. Valorizando a vida nos sentidos quantitativo (longevidade) e qualitativo (vitalidade e bem-estar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *