NEWS KUR: Ceias de Natal e Ano Novo saudáveis e saborosas

O Kurotel sugere práticas e substituições para manter o sabor e a funcionalidade dos pratos sem comprometer a balança.

Preparar uma ceia de Natal e Ano Novo saudável e funcional é possível desde que a escolha dos alimentos não privilegie aqueles que são tão somente gordurosos, açucarados e sem valor nutricional. “Dá para montar uma mesa belíssima com pratos saudáveis, com ingredientes leves e saborosos, que agrade os paladares mais exigentes, é só escolher os itens que irão compor os pratos com sabedoria”, afirma nossa nutricionista, Larissa Santana, que sugere algumas práticas e substituições para hora da escolha e preparação daquilo que será servido. Confira abaixo:

Não erre no cardápio

É importante analisar quantas pessoas estarão presentes, se alguém levará mais algum prato. “Vale lembrar que é sempre uma noite onde as pessoas comem um pouco mais, então, devemos evitar alimentos com pouca qualidade nutricional”, afirma a nutricionista que sugere a priorização de folhas, legumes, verduras e frutas, além das carnes mais magras e produtos integrais para compor a mesa.

Cuidado com os vilões

Como nessa época do ano a ingestão de bebidas alcoólicas e sucos industrializadosé maior, o ideal é substituir os refrigerantes por sucos naturais e deixar o champanhe apenas para os brindes. E para não exagerar nos doces o ideal é evitar comer quantidades demasiadas e escolher apenas um dentre todos para experimentar. No preparo, uma boa alternativa para substituir o leite condensado é a biomassa de banana verde. “Rica em amido resistente, ela funciona como um prebiótico, alimentando as bactérias boas do nosso intestino, melhorando a flora intestinal. Dá para fazer receitas ótimas, muito saborosas, evitando o excesso de açúcar do leite condensado”.

De olho no excesso de proteína no menu

Não é preciso descaracterizar as ceias, deixando de lado os tradicionais peru, chester e tender, mas a ceia não precisa necessariamente reunir todas as carnes. “Se possível escolher uma ou no máximo duas proteínas, de amimais diferentes. Não levar à mesa todos os tipos de proteínas vendidas nesta época para não estimular o consumo”, indica Larissa que sugere servir o tradicional peru e uma opção de peixe assado na ocasião.

Atenção com os temperos e ao cozer

Tanto no preparo das ceias como da alimentação do dia a dia, deve-se usar ervas frescas, condimentos e especiarias para deixar a comida mais saborosa sem precisar abusar do uso do sal. “No caso das gorduras, as opções mais saudáveis para cozinhar são azeite de oliva extravirgem, óleo de coco, óleo de girassol e óleo de arroz, mas todos devem ser usados em quantidades moderadas quando se quer controlar as calorias”, alerta a nutricionista.

Acompanhamento do bem

Para que a farofa se torne uma preparação mais saudável, é possível substituir a farinha de mandioca por farelo de aveia ou flocos de quinoa. “Outra ideia para deixar a farofa úmida é utilizar um consome de legumes no lugar da manteiga: a preparação fica muito saborosa e com menos calorias”.

Castanhas e oleaginosas com moderação

As oleaginosas são alimentos indicados para uma alimentação equilibrada, pois são ricas em gorduras saudáveis, além de vitaminas A, E, minerais como o Selênio, mas seu consumo deve ser moderado, pois são calóricas. No caso das ceias, evitar usar as oleaginosas como aperitivos, deixando-as apenas como ingredientes nos pratos principais.

As sugestões acima integram a filosofia de alimentação funcional e saudável do Kurotel, que os clientes vivenciam ao elegerem um dos programas que compõem o portfólio de serviços oferecidos. Algumas sugestões de receitas para o Natal e Réveillon você encontra na edição especial do e-book KUR em: www.kurotel.com.br/ceiaskur2017

 

Publicado por

kurotelb

Fundado em 1982 por Luís Carlos Silveira, e sua esposa, Neusa Silveira, o Kurotel - Centro Médico de Longevidade e Spa, está localizado em meio às belezas da Serra gaúcha, na cidade de Gramado. É reconhecido por promover e estimular as pessoas a se comprometerem com um estilo de vida mais saudável, motivando escolhas positivas. Valorizando a vida nos sentidos quantitativo (longevidade) e qualitativo (vitalidade e bem-estar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *