Quem dança, seus males espanta!

A dança surgiu pela necessidade de o homem por para fora as suas emoções. Antes mesmo de se comunicar com palavras, as pessoas já se expressavam com movimentos corporais. Por isso, a dança é considerada a mais antiga das artes, e talvez a mais completa, pois quem dança cria um movimento e o expressa através do próprio corpo.

Dançar é se sentir livre e se expressar corporalmente. A dança pode sim, ser uma ótima opção de atividade física, e são inúmeros os estilos que você pode escolher: jazz, contemporâneo, ballet, hip hop, dança de salão, flamenco, zumba… cada um com a sua característica. O importante é que você identifique se gosta e qual o estilo que mais lhe atrai, não pensando somente no que vai perder de calorias, mas no bem-estar que a atividade estará lhe proporcionando.

A dança pode lhe trazer muitos benefícios, como o aumento da flexibilidade, o aprimoramento da coordenação motora, a melhora cardiorrespiratória, aumento da circulação sanguínea, pressão arterial controlada e, o principal, libera endorfina. Além de ser um exercício físico excelente, dançar é também uma grande terapia. Quem dança trabalha sua socialização, combate a timidez, aumenta sua autoestima e disposição para enfrentar o dia-a-dia. É um exercício que interliga mente e corpo.

A dança também pode ser uma ferramenta importantíssima para a saúde das pessoas, e por este motivo, cada vez mais ela tem sido indicada por médicos e por especialistas.

Tem sido uma parceira fundamental de quem deseja emagrecer e manter a forma, especialmente por ela ser capaz de ajudar na queima de calorias. A dança também pode ser fundamental para quem deseja melhorar a postura, por conta do trabalho que ela faz nos membros inferiores, além disto, por ser uma atividade divertida e alegre, a dança também é indicada para quem deseja lutar contra a depressão, além de também aliviar tensões e estresse.

Deixe a vergonha de lado e sinta a música no seu corpo!
 

O simples é complexo!

Em uma sociedade tão competitiva e com o número de informações instantâneas, que os recursos tecnológicos informam,cada vez mais, existe a necessidade de ter momentos para: refletir, respirar e parar por alguns minutos.

O corpo fisiologicamente necessita do descanso. Muitas pessoas queixam-se de estresse, cansaço, insônia, ansiedade, depressão; males da sociedade contemporânea. A grande questão para refletir é: o que gera tudo isso?

Então, como o mundo está automatizado, parece que os seres humanos criaram para si a necessidade de estar em constante ebulição e cobram-se para serem tão rápidos, quanto à informação; escravizando-se com os recursos tecnológicos mais modernos. Por isso, existe a necessidade de termos placas nos estabelecimentos do tipo: “Por favor, desligue o celular” ou “Pedimos a colaboração de deixar seu celular no modo silencioso”.

Da mesma maneira que a tecnologia nos auxilia, ela escraviza. O corpo é ensinado a estar em constante processo de aceleração sem momentos para desarmar. Começa, então, a travar uma luta no organismo, interpretando que está pronto para atacar e defender, dessa maneira pode iniciar a insônia. O sono, nada mais é, que o momento de desarmar, o momento de estar desprovido de qualquer proteção. Como vou desarmar, se o corpo está treinado para a luta?

Ao passo que não durmo sinto maior irritabilidade ao longo do dia, tenho a tendência a comer de maneira desorganizada, estou cansado, utilizo café para manter-me acordado, diminuo o poder de concentração e produtividade, consequentemente autoestima frágil, maior ansiedade e a repetição desses fatores pode gerar o estresse. Um efeito cascata, cada peça do dominó empurra a outra.

Na contramão, disso tudo, estão coisas simples mais complexas, que o próprio ser humano pode fazer para gerenciar o seu cotidiano de maneira organizada, usufruindo da tecnologia a seu favor e não se escravizando.

Algumas orientações importantes: exercitar-se, relaxar, respirar adequadamente, alimentar-se fracionadamente e com uma dieta equilibrada, ler, trabalhar, estudar, ter momentos para si, conviver com as pessoas queridas, sorrir.

A meditação é algo milenar, existindo estudos que comprovam sua eficácia para a saúde física e mental. Engana-se quem pensa que, para meditar é necessário ser um monge tibetano. Todo ser humano, que aprende e exercita a prática pode meditar. O simples fato de estar num ambiente confortável e prestar atenção na sua respiração, com os olhos fechados, pode ser uma forma de meditar.

Estudos mostram a eficácia de, por exemplo, 20 minutos, uma ou duas vezes ao dia, de meditação diária, pode contribuir para: controle da pressão arterial, redução do risco cardíaco, diminuição das taxas de glicose, melhora da concentração, melhor gerenciamento das emoções.

O conceito de relaxamento tem a ver com estado de consciência sem alteração e você voltado para si. Necessário regularidade e repetição da prática que gostamos; por exemplo: massagem relaxante, banhos de banheira de hidromassagem, sauna, yôga.

Para encerrar a reflexão, uma conta simples: o dia tem 24 horas (1.440 minutos), 20 minutos do seu dia, é igual a 1,38% do seu tempo. A semana tem 168 horas, se você utiliza 3 horas da sua semana para exercitar-se, é igual a 1,78% do seu tempo e que trarão mais de 50 benefícios para seu corpo. O simples é complexo! Por isso, simplifique as tuas atitudes.

Psicólogo Michael Zanchet  – CRP: 07/13384

Novos 365 dias para ser feliz

O ano novo vai vir, 2018 está próximo! Nesse período as pessoas têm a tendência a fazer uma retrospectiva do que passou, com a proximidade do Natal a sociedade busca a caridade e o senso de solidariedade aumenta, possivelmente por que analisamos o ano corrido e só então nos damos conta que está próximo do fim. Tudo isso por que não somos preparados para o fim, então queremos aliviar nossa culpa.

Resultado de imagem para ano novo

O convite que tenho para você é que tenha consciência de que os anos passarão e de que cada ano é composto por 12 meses, se você quer tornar o seu ano mais leve de janeiro a dezembro, cuide durante os 12 meses: do seu corpo, do seu sorriso, do espírito de solidariedade, do divertimento, da família, do amor, das amizades, da espiritualidade; dessa forma você não irá sobrecarregar o mês de dezembro com tudo aquilo que você não fez e iniciará o ano com maior bem-estar.

Um Feliz Natal e um próspero ano de 2018!

Psicólogo do Kurotel Michael Zanchet CRP: 07/13384

Dores de cabeça no verão, o que fazer?

A exposição ao sol no verão é maior, o que acaba sendo um estímulo para crises de dor de cabeça devido a claridade, já que, em pacientes com enxaqueca com aura por exemplo, há um aumento na intolerância à claridade, também conhecida como fotofobia.

Para evitar crises, aconselha-se diminuir o tempo de exposição ao sol e, se isso não for possível, utilizar chapéus e óculos escuros para minimizar o estímulo luminoso.

Resultado de imagem para chapéu e óculos de sol

Além disso, é muito importante, que se procure um médico em caso de novas dores, ou dores após algum trauma. A automedicação não deve ser feita, pois a dor de cabeça pode ser sintoma de algum outro problema, o que poderia, por exemplo, mascarar outras enfermidades e, até mesmo, aumentar a frequência e intensidade da dor.

Emagrecer – Uma mudança de filosofia de vida!

A imagem corporal é muito explorada na sociedade contemporânea e muitas vezes as pessoas buscam dietas milagrosas na busca de um padrão de beleza imposto e esquecem do seu maior patrimônio que é a saúde.

Para emagrecer com saúde é preciso reeducação, que é a análise completa do  comportamento, vislumbrando quais são os objetivos de vida e a partir desta, modificar os hábitos de vida.

Reeduque seu estilo de vida através de uma equipe interdisciplinar. A avaliação médica irá fornecer dados clínicos sobre a saúde, que serão importantes para identificar se o funcionamento hormonal está dentro da normalidade ou se existe alguma disfunção que pode afetar o emagrecimento. A nutricionista vai verificar seus hábitos alimentares, fará uma avaliação de nutrientes e fornecerá uma dieta balanceada e com equilíbrio de nutrientes. Exercitar-se é algo imprescindível, mas para isso são importantes uma avaliação física e orientação de um educador físico. O psicólogo vai ajudar a reconhecer quais são os motivos que prejudicam o estabelecimento de uma dieta saudável. Avaliar variáveis emocionais que podem afetar o emagrecimento, como, por exemplo, estresse, ansiedade, sintomas depressivos, a relação com corpo, a forma de pensar e culturas herdadas relacionadas à comida.

Portanto, emagrecer e manter o peso com saúde tem a ver com a reeducação do estilo de vida, através da aprendizagem de comportamentos benéficos ao corpo. Se você mudar a sua filosofia de vida, você não enfrentará problemas em nenhuma festividade ou comemoração, pois seguirá um planejamento.

Psicólogo Michael Zanchet – CRP: 07/13384

 

 

 

NEWS KUR: Ceias de Natal e Ano Novo saudáveis e saborosas

O Kurotel sugere práticas e substituições para manter o sabor e a funcionalidade dos pratos sem comprometer a balança.

Preparar uma ceia de Natal e Ano Novo saudável e funcional é possível desde que a escolha dos alimentos não privilegie aqueles que são tão somente gordurosos, açucarados e sem valor nutricional. “Dá para montar uma mesa belíssima com pratos saudáveis, com ingredientes leves e saborosos, que agrade os paladares mais exigentes, é só escolher os itens que irão compor os pratos com sabedoria”, afirma nossa nutricionista, Larissa Santana, que sugere algumas práticas e substituições para hora da escolha e preparação daquilo que será servido. Confira abaixo:

Não erre no cardápio

É importante analisar quantas pessoas estarão presentes, se alguém levará mais algum prato. “Vale lembrar que é sempre uma noite onde as pessoas comem um pouco mais, então, devemos evitar alimentos com pouca qualidade nutricional”, afirma a nutricionista que sugere a priorização de folhas, legumes, verduras e frutas, além das carnes mais magras e produtos integrais para compor a mesa.

Cuidado com os vilões

Como nessa época do ano a ingestão de bebidas alcoólicas e sucos industrializadosé maior, o ideal é substituir os refrigerantes por sucos naturais e deixar o champanhe apenas para os brindes. E para não exagerar nos doces o ideal é evitar comer quantidades demasiadas e escolher apenas um dentre todos para experimentar. No preparo, uma boa alternativa para substituir o leite condensado é a biomassa de banana verde. “Rica em amido resistente, ela funciona como um prebiótico, alimentando as bactérias boas do nosso intestino, melhorando a flora intestinal. Dá para fazer receitas ótimas, muito saborosas, evitando o excesso de açúcar do leite condensado”.

De olho no excesso de proteína no menu

Não é preciso descaracterizar as ceias, deixando de lado os tradicionais peru, chester e tender, mas a ceia não precisa necessariamente reunir todas as carnes. “Se possível escolher uma ou no máximo duas proteínas, de amimais diferentes. Não levar à mesa todos os tipos de proteínas vendidas nesta época para não estimular o consumo”, indica Larissa que sugere servir o tradicional peru e uma opção de peixe assado na ocasião.

Atenção com os temperos e ao cozer

Tanto no preparo das ceias como da alimentação do dia a dia, deve-se usar ervas frescas, condimentos e especiarias para deixar a comida mais saborosa sem precisar abusar do uso do sal. “No caso das gorduras, as opções mais saudáveis para cozinhar são azeite de oliva extravirgem, óleo de coco, óleo de girassol e óleo de arroz, mas todos devem ser usados em quantidades moderadas quando se quer controlar as calorias”, alerta a nutricionista.

Acompanhamento do bem

Para que a farofa se torne uma preparação mais saudável, é possível substituir a farinha de mandioca por farelo de aveia ou flocos de quinoa. “Outra ideia para deixar a farofa úmida é utilizar um consome de legumes no lugar da manteiga: a preparação fica muito saborosa e com menos calorias”.

Castanhas e oleaginosas com moderação

As oleaginosas são alimentos indicados para uma alimentação equilibrada, pois são ricas em gorduras saudáveis, além de vitaminas A, E, minerais como o Selênio, mas seu consumo deve ser moderado, pois são calóricas. No caso das ceias, evitar usar as oleaginosas como aperitivos, deixando-as apenas como ingredientes nos pratos principais.

As sugestões acima integram a filosofia de alimentação funcional e saudável do Kurotel, que os clientes vivenciam ao elegerem um dos programas que compõem o portfólio de serviços oferecidos. Algumas sugestões de receitas para o Natal e Réveillon você encontra na edição especial do e-book KUR em: www.kurotel.com.br/ceiaskur2017

 

NEWS KUR: para meditar ao ar livre

Existem cada vez mais trabalhos científicos que embasam a meditação. Resultados que mostram que seus benefícios vão desde melhorar o controle da pressão arterial, reduzir a depressão, até aumentar o volume cerebral e reduzir o impacto do processo do envelhecimento do cérebro, entre outras.

A meditação pode ser feita de diferentes formas: sentado na cadeira, sentado no chão com as pernas cruzadas, deitado… Da mesma maneira, pode ser feita em diferentes ambientes, como por exemplo, dentro de casa, no trabalho, no avião, no carro e ao ar livre. Aliás, quando esta meditação pode ser realizada ao ar livre é ainda melhor.

Um trabalho de Bratman, 2012, mostrou que o contato com a natureza é positivo para a saúde mental por influenciar positivamente a cognição. Meditar na natureza pode ser feito de algumas formas como:

  • Procure um lugar calmo em meio a natureza. Certifique-se de que não será incomodado pelos próximos minutos.
  • Você poderá se sentar em um banquinho ou em uma pedra… ou ainda no chão. A melhor posição irá depender de sua saúde e prática. O importante é que fique confortável.
  • Em postura com coluna ereta, sentado confortavelmente com costas retas mas relaxadas ao mesmo tempo.
  • De olhos abertos, procurando não piscar, olhar olhando para baixo em ângulo de 45 graus, aproximadamente.
  • Braços/mãos podem se posicionar com as palmas tocando as pernas.
  • Procure deixar o olhar descansando na posição que escolheu.
  • Procure colocar a atenção na sua respiração. Não controle o ritmo, apenas perceba o movimento da entrada e da saída de ar no seu corpo.
  • Perceba seu corpo… veja se há algum ponto de tensão. E procure soltar este ponto de tensão durante a expiração.
  • Toda vez que um pensamento vier ou outra distração aparecer a mente, não se julgue. Apenas perceba a existência dele e novamente volte a atenção para aqui e agora.
  • Perceba a luminosidade da natureza a sua volta.
  • Perceba os sons… coloque atenção na temperatura e na umidade do ar…
  • Observe como o seu corpo se sente neste lugar… neste momento.
  • Observe, que de alguma maneira, você está integrado a esta natureza, a este ambiente… seja pelo ar que se respira, seja pelo contato do seu corpo com o meio, seja por pertencer a ele.
  • Repare que dentro do seu peito, poderá sentir uma sensação de gratidão ou de compaixão. Se isto acontecer, fique um pouco respirando este sentimento… uma espécie de amor próprio e de amor pela existência. Intensifique-o a cada inspiração e a cada expiração.
  • Vagarosamente, vá abrindo mais os olhos, mexendo a cabeça e se espreguiçando.

Acesse https://www.kurotel.com.br/vivaaexperiencia/ e baixe algumas faixas de meditação guiada para lhe ajudar com essa prática tão benéfica.

Alimentos especiais do mês de dezembro

Frutas

Melão: Fruta rica em vitaminas A, C e do complexo B, e com altos teores do mineral potássio, nutrientes que contribuem para o funcionamento adequado do metabolismo e controle da pressão arterial. As sementes do melão são ricas em cálcio, mineral importante para os ossos. O melão também possui antioxidantes, bioflavoides e carotenoides, que têm ações anti-inflamatórias, protegendo o organismo contra a ação dos radicais livres e prevenindo contra as doenças cardíacas.

Imagem relacionada

Melancia: A melancia tem excelentes níveis de vitamina A, B6 e C, que auxiliam no fortalecimento do sistema imunológico e protegem o organismo contra a ação dos radicais livres. Possui bons teores de potássio, mineral necessário para o equilíbrio da água dentro das células e controle da pressão arterial. A melancia contém altos teores de licopeno, substância antioxidante, que atua na prevenção do câncer de próstata e protege organismo contra os danos causados pelos radicais livres. A casca e as sementes da melancia são ricas em citrulina, um aminoácido que quando ingerido é transformado em arginina, outro aminoácido com ação vasodilatora, que aumenta a produção de óxido nítrico no interior dos vasos sanguíneos, melhorando o fluxo sanguíneo.

Imagem relacionada

Limão: O limão é uma ótima fonte de vitamina C, que atua protegendo o sistema imunológico e combate os danos causados pelos radicais livres. A vitamina C também participa da síntese colágeno, nutriente importante para a pele, unhas e cabelo. O limão é rico em ácido cítrico, que tem ação alcalinizante, equilibrando o pH do organismo, e contribui para absorção adequada dos minerais ferro e cálcio. Também é fonte das vitaminas B1, B2 e B3, que atuam na geração e no transporte de energia para todas as células. A casca do limão é rica em pectina, fibra solúvel, que auxilia no funcionamento do intestino e promove saciedade.

 

Resultado de imagem para limão

Verdura

Rúcula: A rúcula é uma hortaliça, pertencente à família das crucíferas, rica em vitaminas A, C e K, e dos minerais potássio, ferro, magnésio e manganês. Estes nutrientes possuem ação anti-inflamatória, fortalecem o sistema imunológico e proporcionam o funcionamento adequado do metabolismo. Também é fonte de compostos antioxidantes, como o sulforafano, que tem propriedades quimioprotetoras prevenindo diversos tipos de cânceres, e auxilia no processo de desintoxicação do organismo.

Resultado de imagem para rúcula

Salsão: O salsão também conhecido como aipo, é uma hortaliça com excelentes fontes de vitaminas A, C, K e do complexo B, e dos minerais potássio e fósforo. Nutrientes que garantem o fortalecimento dos sistemas imunológico e neurológico. Além disso, contém os antioxidantes da família dos flavonoides, como a cumarina, o limoneno, a apigenina e a luteolina. Estes compostos antioxidantes possuem ação anti-inflamatória, que atua bloqueando a formação de tumores cancerígenos, e ação alcalinizante, que reduz a acidez metabólica.

Resultado de imagem para salsão

Hortelã: O hortelã é uma planta herbácea, sendo considerado um fitoterápico, pois têm várias ações medicinais, dependendo do seu preparo, utilização e dos componentes extraídos. O seu uso mais conhecido é para distúrbios digestivos, como má digestão, azia, vômito, flatulência e cólicas. Algumas pesquisas científicas descrevem que os óleos essenciais do hortelã possuem atividade antimicrobiana e fungicidas, mas que ainda necessitam de novos estudos para elucidar tais propriedades.

Resultado de imagem para hortelã

 

 

Legumes

Cogumelos: Os cogumelos comestíveis, tais como o champignons, shitake, funghi e shimeji, apresentam excelentes fontes proteínas e fibras alimentares, sendo nutrientes necessários para a construção e reparação de diversos tecidos do corpo, principalmente os músculos, e para o funcionamento adequado do intestino. Os cogumelos também são boas fontes de fósforo e vitamina C.

Resultado de imagem para cogumelos comestíveis

Pimentão: O pimentão é um fruto da planta capsicum annuum. É rico em vitaminas A e C, e dos minerais fósforo, cálcio e ferro. Também contém substâncias antioxidantes, a capsorubina e a capsaicina, que auxiliam na proteção celular prevenindo o câncer e combatem os radicais livres. A capsaicina também é encontrada nas pimentas, mas no pimentão a sua concentração é mais baixa.

Resultado de imagem para pimentão

Cenoura: O principal nutriente da cenoura é o beta-caroteno, uma substância, que durante a digestão, se transforma em vitamina A, muito importante para a visão, pele e mucosas. Com apenas 100g deste alimento as necessidades diárias de Vitamina A podem ser totalmente supridas. Rica também em sais minerais, como fósforo, cloro, potássio, cálcio e sódio, e vitaminas do complexo B, que ajudam a regular o sistema nervoso e a função do aparelho digestivo.

Resultado de imagem para cenoura

 

Nutricionista Michelle Mileto Troitinho/CRN2 5752

Um dia de relaxamento

O Kurotel é um Centro Médico de Longevidade e SPA, localizado na cidade de Gramado e muito procurado por quem deseja dedicar um período aos cuidados com a saúde do corpo e da mente.

O que muita gente não sabe é que o Centro também conta com opções de Day Spa! Isso mesmo! Se você não tem tempo para ficar hospedado por uma semana e mesmo assim gostaria de dedicar um tempo ao seu bem-estar, nossas opções de Day Spa podem ser uma ótima alternativa!

Você pode adquirir os pacotes fechados, ou ainda, montar o seu programa. Confira a descrição de algumas atividades:

Circuito das Águas (duração: 60min): sequência de banhos relaxantes que inclui banho de lodo, banho de sal, piscina ozonizada, fonte de gelo e ducha hidratante com espuma de uva.

Terapia Corporal Real (duração: 30min): hidratação corporal a base de manteiga de Karité, é aplicada em todo o corpo.

Massagem Suéca Relaxante (duração: 45min): massagem relaxante tradicional que visa relaxamento de áreas tensionadas.

Hidratação Facial com Fios de Seda (duração: 30min): hidratação indicada para todos os tipos de pele, com uma sequência de produtos que higienizarão a pele e farão nutrição facial.

Drenagem Linfática Corporal (duração: 45min): massagem com toques suaves e constantes para eliminação de edemas, toxinas e para suavizar dores decorrentes de inchaço corporal.

Esfoliação com sal marinho (duração: 20min): esfoliação corporal a base de sal e óleo de  massagem, fará a renovação celular, limpará os poros, além de proporcionar uma sensação de maciez da pele.

 

Dezembro: um mês dedicado a espiritualidade

Neste último mês do ano de 2017 vamos abordar como tema principal a Espiritualidade e sua relação com a saúde e a longevidade. Hoje a medicina comprova através de estudos que espiritualidade tem papel importante seja na prevenção ou até mesmo nos tratamentos de doenças. Viver melhor pode ser atribuído também à fé!

Mas afinal, o que é espiritualidade?

Moberg e Brusek (1979) propõem duas dimensões de espiritualidade, não excludentes entre si:

Horizontal:

Representada como um recurso interno e subjetivo, mobilizado pela experiência de doação, de fraternidade, através do contato mais íntimo consigo próprio, com a natureza, arte, poesia, ou quaisquer ideais visando bem-estar social, a solidariedade, o cuidado, a tolerância, entre outros.

Vertical:

Caracterizada por um movimento em direção a Deus, a um Poder Superior.