Entenda um pouco mais sobre o sono e como é possível dormir melhor

O sono é um processo fisiológico, presente em todos os seres vivos do reino animal, essencial para o equilíbrio do organismo e manutenção da vida. Regulado pelo ritmo circadiano, ocorre de maneira cíclica, alternando dois estados distintos com padrões de ondas cerebrais diferenciadas.

A primeira fase do sono chamada de sono NREM (sono não REM) divide-se em três estágios que aprofundam-se progressivamente. Caracteriza-se por apresentar um padrão de ondas cerebrais lentas, relaxamento muscular progressivo, ausência de movimentos oculares rápidos, respiração e frequência cardíaca regular. A segunda fase, sono REM (Movimento Rápido dos Olhos) apresenta um padrão de ondas rápidas e com baixa amplitude, semelhante ao padrão de ondas de quando estamos acordados. Apresenta contrações musculares involuntárias, movimentos oculares rápidos, alterações na respiração e na frequência cardíaca, é nesta fase do sono que sonhamos.

Cada ciclo do sono leva aproximadamente 90 minutos e repete-se de 4 a 6 vezes durante a noite, variando também de acordo com a idade do indivíduo. Durante o sono ocorrem uma série de processos metabólicos, diferentes daqueles que acontecem durante o dia. A alteração do padrão de sono, seja pela privação ou má qualidade desse sono, implicará no desequilíbrio da homeostase orgânica.  Em virtude disto, temos dificuldade na redução do peso, dificuldade no ganho de massa muscular, baixa do sistema imunológico, aumento do nível de cortisol, maior irritabilidade, desatenção e dificuldade de memorização.

É visto que, na maioria dos casos, tais queixas não são percebidas pelo indivíduo como consequência de um sono não reparador. Por isso, é preciso estarmos atentos, sintomas como sonolência diurna, cansaço excessivo, sensação de que o número de horas, apesar de muitas, não foi suficiente, irritação e atordoamento podem ser indicativos de que o sono não está cumprindo sua função fisiológica adequadamente, ou seja, não está sendo restaurador.  Dessa forma, devemos investigar as possíveis causas desencadeadoras, a fim de identificarmos e corrigirmos aspectos que estão interferindo na qualidade de nosso sono.

Alguns cuidados que podemos ter para melhorar o sono:

  • Mantenha atividades físicas e de relaxamento de forma regular em sua rotina diária;
  • Estabeleça um padrão de horário para dormir e para acordar;
  • Não ingira bebidas estimulantes no período que antecede ao horário de dormir;
  • Dê preferência a um jantar leve e nutritivo;
  • Organize o ambiente de dormir para que seja tranquilo, pouca iluminação, boa temperatura, sem ruídos;
  • Evite trabalhar, assistir televisão, manusear objetos eletrônicos, ler, pensar nos fatos ocorridos no dia ou na agenda do dia seguinte;
  • Não permaneça na cama caso não consiga dormir;
  • Vá para cama apenas quando estiver sonolento.

Jacqueline Germano Trindade – Neuropsicóloga do Kurotel

 

Publicado por

kurotelb

Fundado em 1982 por Luís Carlos Silveira, e sua esposa, Neusa Silveira, o Kurotel - Centro Médico de Longevidade e Spa, está localizado em meio às belezas da Serra gaúcha, na cidade de Gramado. É reconhecido por promover e estimular as pessoas a se comprometerem com um estilo de vida mais saudável, motivando escolhas positivas. Valorizando a vida nos sentidos quantitativo (longevidade) e qualitativo (vitalidade e bem-estar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *