Hidratação é importante?

Todos nós sabemos que a hidratação é superimportante para o pleno funcionamento do organismo, pois é através da ingestão hídrica que os processos de absorção, digestão e excreção do nosso corpo ocorrem adequadamente. Além disso, estar bem hidratado é essencial para o transporte de nutrientes, para a regulação da temperatura corporal, para o bom funcionamento do sistema circulatório e dos rins, e para a hidratação da pele, cabelos e unhas.

Segundo a European Hydration Institute a ingestão de água deve provir cerca de 20 a 30% das frutas, hortaliças e legumes, e 70 a 80% da água e bebidas.  Isso significa que precisamos de cerca de 25 a 30 ml de líquidos para cada kg de peso corporal para garantir uma hidratação adequada. Se fizermos o cálculo este cálculo uma pessoa de 60 kg necessita tomar aproximadamente 1,8 litros de líquido por dia, sendo este especialmente a água.

Durante o verão ou prática de exercícios físicos aumenta a necessidade de água do organismo, pois suamos mais. Com o suor, além da água, perdemos também sais minerais. Quando as perdas de água se tornam maiores do que a reposição, o organismo entra em processo de desidratação, o que é extremamente perigoso e, em casos extremos, pode ser fatal. Para que haja um melhor aproveitamento dos líquidos ingeridos, importante toma-los ao longo do dia (cerca de 200 a 250 ml por vez a cada 1 ou 2 horas).

Além da água, também é interessante tomar sucos de frutas naturais ou consumir as frutas (especialmente as ricas em potássio, um regulador da hidratação das células, como melancia, melão, morango, abacaxi) ou água de coco natural que possuem quantidades equilibradas de sais minerais e água. Evitar alimentos muito condimentados, açúcar, temperos, excesso de café e outras bebidas que contenham cafeína (chá verde, chá branco, chimarrão, chá preto) e bebidas alcóolicas, que levam à maior eliminação de líquidos.

Essencial hidratar-se antes de exercícios físicos (no mínimo ½ garrafinha, 1 hora antes da atividade física) e também durante o exercício (1 copo a cada 15 ou 20 minutos). Não é necessário tomar bebidas isotônicas a não ser que o exercício seja intenso (em que houver perda de mais de 2% do peso após os exercícios, em comparação com o peso anterior ao exercício) e/ou com duração maior do que 2 horas.

Outra recomendação é evitar o consumo exagerado de líquidos junto às refeições principais, pois prejudicam a digestão dos alimentos devido à diluição dos sucos gástricos e produção das enzimas digestivas, o que leva a pouca absorção de nutrientes e pode gerar sintomas como distensão abdominal e gases. Procure tomar líquidos cerca de trinto minutos antes das refeições principais (almoço e jantar) e aguarde no mínimo sessenta minutos após a refeição para voltar a tomar maior quantidade de líquido (neste período, limite a ingestão à 100ml copo de água).

 

Artigos pesquisados

EFSA, Scientific Opinion on the substantiation of health claims related to water and maintenance of normal physical and cognitive functions (ID 1102, 1209, 1294, 1331), maintenance of normal thermoregulation (ID 1208) and “basic requirement of all living things” (ID 1207) pursuant to Article 13(1) of Regulation (EC) No 1924/20061; EFSA Journal; 2011; 9; 2075-2091. 

 

Kolasa, K.M., Lackey, C.J. & Grandjean, A.C. Hydration and Health promotion. Nutrition Today. 2009; 44: 190-201. 

 

Institute of Medicine (U.S.) Panel on Dietary Reference Intakes for Electrolytes and Water (2005) Dietary reference intakes for water, potassium, sodium, chloride, and sulfate / Panel on Dietary Reference Intakes for Electrolytes and Water, Standing Committee on the Scientific. Evaluation of Dietary Reference

 

 

Publicado por

kurotelb

Fundado em 1982 por Luís Carlos Silveira, e sua esposa, Neusa Silveira, o Kurotel - Centro Médico de Longevidade e Spa, está localizado em meio às belezas da Serra gaúcha, na cidade de Gramado. É reconhecido por promover e estimular as pessoas a se comprometerem com um estilo de vida mais saudável, motivando escolhas positivas. Valorizando a vida nos sentidos quantitativo (longevidade) e qualitativo (vitalidade e bem-estar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *