Relação do sono com a dor

Todos sabem da importância de uma noite bem dormida. Agora, uma recente pesquisa realizada no Hospital Henry Ford, em Detroit, nos Estados Unidos, evidencia mais uma vantagem. Dormir 10 horas por noite pode combater dores, mais do que alguns analgésicos. O estudo observou o sono de 18 voluntários durante quatro noites e constatou que aqueles que dormiram por mais tempo tiveram maior resistência para dor em testagens provocativas do que os que dormiram menos. Verificou ainda que os maiores benefícios ocorrem em pessoas que dormem 10 horas ou mais. Estes resultados foram ainda superiores a trabalho anterior, que observava a reação analgésica de 60mg de codeína em indivíduos submetidos aos mesmos testes e análises. Dessa forma, o sono passa a ser cada vez mais uma prescrição médica quando houver queixas de dor crônica.  Além disso, as oito horas de sono por dia, tradicionalmente recomendadas, devem ser revistas para esse grupo de pacientes.

140609-kur-material-2014-1064

Publicado por

kurotelb

Fundado em 1982 por Luís Carlos Silveira, e sua esposa, Neusa Silveira, o Kurotel - Centro Médico de Longevidade e Spa, está localizado em meio às belezas da Serra gaúcha, na cidade de Gramado. É reconhecido por promover e estimular as pessoas a se comprometerem com um estilo de vida mais saudável, motivando escolhas positivas. Valorizando a vida nos sentidos quantitativo (longevidade) e qualitativo (vitalidade e bem-estar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *