A médica diretora do Kurotel, Dra. Mariela Silveira, lista 10 sentimentos para evitar durante a crise e manter a saúde mental neste momento.

Se quisermos, de fato, viver saudavelmente, com equilíbrio mental e emocional, é muito importante que evitemos aquilo que não nos faz bem. É fundamental deixarmos de lado alguns comportamentos ou emoções que nos prejudicam. Confira abaixo os 10 sentimentos para evitar durante a pandemia e saiba como evitar o “I.N.S.A.N.O”:

Inatividade: Cada pessoa tem uma capacidade inata, um dom, algo que goste de fazer. E é muito importante que, neste período, se faça tal atividade. Isso ajuda a vida a ter sentido. E o senso de ter sentido ajuda a equilibrar neurotransmissores como ocitocina.

Negligência: Negar o problema não ajuda. O descuido ou o descaso, não são úteis. Mas é importante que a pessoa se proteja de forma efetiva: não entrando em contato com pessoas contaminadas, usando máscara, lavando as mãos com água e sabão (ou álcool gel).

Solidão: Esse sentimento pode ser evitado. Uma coisa é estar só fisicamente, a outra é sentir-se só. Se você necessita seguir na quarentena de maneira mais rigorosa, procure interagir virtualmente com pessoas em que você confie. Além disso, use grupos de apoios online, saiba que você não está só. Existem instituições, como a Mente Saudável (da Procuradoria da Justiça de São Paulo), ou a organização social Mente Viva, oferecendo tempo, escuta e apoio.

Adições: Evite o tabaco, o álcool, o medicamento abusivo, o açúcar compulsivamente e as drogas. Todos os vícios prejudicam a imunidade, mas, principalmente, a clareza mental e capacidade de resolver problemas. As adições são tudo o que não precisamos neste momento. Mas se você precisa de ajuda, encoraje-se a pedir apoio aos grupos especializados. Com ajuda, é possível vencer o vício.

Evite sentimentos negativos!

Negatividade: Não fique apenas vendo notícias ruins e pesadas. Também não compartilhe fatos tristes, sem que seja necessário. Estamos vivendo um momento delicado e importante, mas o fato de só pensarmos em negatividade não ajuda a resolver o problema. E quando temos pensamento de cunho negativo, ativamos emoções negativas e isto é ruim para nossa saúde como um todo, incluindo cardiovascular.

Ódio: E o último dos 10 sentimentos para evitar durante a pandemia, é o ódio. Não há um culpado pela situação em que estamos vivendo. Não rumine sentimentos de ódio ou de separação; troque por de aceitação e força. Mas, quem sabe, consiga encontrar emoções de altruísmo e compaixão. Elas são muito mais construtivas e nos ajudam na saúde e bem-estar. E você pode praticar escolher emoções melhores, todos os dias, com a oração ou a meditação, por exemplo.